sábado, 4 de julho de 2009

Contrato com multa abusiva

É meus amigos cai direitinho nessa, antes tivesse consultado na internet, também me ligaram da UMES falando tudo isso ai, bolsa, material de graça e tudo mais. Fui lá na unidade de itaquera no dia 22/06/2009 falei com a Paula e depois com a claudia e deram um jeito para o meu horário, questionei também sobre a multa e a claudia me falou que no caso do cancelamento teria essa multa em cima do valor do curso. No dia 23/06/2009 voltei lá pra cancelar pois aqui na empresa que trabalho vai iniciar uma turma com aula particular e o custo x beneficio x tempo é mais acessível. Para a minha surpresa não posso cancelar hahahahhaha, dei tanta risada. Como assim não posso cancelar falei para a Paula. Ai fui ler o contrato que tinha assinado correndo por estar em cima da hora e confiar plenamente no que me disserão verbalmente. Eu pago os 15% do curso , mas não posso devolver os livros, livros estes que nem tirei do lacre da caixa. Ai comecei a cavar história, liguei para a tal fernanda da suposta UMES que havia me contatado com o tal sorteio né e não é que atenderam como central UMES hahahahah. liguei para a matriz real da UMES onde peguei o telefone no site e questionei se tinham alguma parceria com a microcamp e realmente eles tem sim. Porém, questionei se haviam funcionários da UMES fazendo contato com alunos que eles tem os dados em seu banco de dados, quem aqui nunca teve carteirinha da UMES lembram. A camila que me atendeu lá na UMES me disse que a UMES não tem funcionários fazendo este tipo de telemarketing e que estes supostos são funcionários da própria microcamp, ai o meu sangue subiu. Imaginem que a microcamp está se aproveitando da UMES para sondar os alunos dizendo que estes foram sorteados para ter bolsa do governo. A camila ainda me disse que a microcamp faz estes contatos para chamar a atenção dos alunos e fechar seus contratos. Pois bem, lá vai eu ligar na matriz da microcamp, me passei por interessado em saber valores do curso de inglês. E a kátia do atendimento deles sem imaginar a situação me passou os mesmos valores que a unidade de itaquera me deu com o tal desconto da UMES é mole. Fiquei extremamente irritado, cai direitinho. Foi então que liguei para a unidade de itaquera, a claudia começou a gaguejar dizendo que tinha me falado que era funcionária da microcamp e não da UMES, eita mentira. Hoje dia 23/06/2009 vou voltar lá com uma tal carta de cancelamento do curso que ela diz ainda que vai tentar me ajudar a cancelar, gente será que eu enganado ou eu posso cancelar um contratao abusido e enganoso dentro de 7 dias segundo o código do consumidor. Depois que levar a carta irei ao procon e depois a juizado de pequenas causa e entrar com uma ação judicial contra esta unidade por propaganda enganosa e outra ação contra a UMES por divulgar minhas informações sem a minha prévia autorização e ainda pedir multa por danos morais. Não vou perder tempo conversando não só o que eu li aqui já é o suficiente. E como eu trabalho com TI, vou pegar este mesmo texto e divulgar para as 3 milhões de contas que tenho no meu servidor de mala direta. Levantar o nome de uma empresa é muito dificil, derrubar é muito fácil. E se por acaso eles tentarem negociar a devolução da primeira parcela que eu já paguei vou pensar se ligo ou não para a minha queridissima Noelly Russo. Faz tempo com não me divirto tanto, encrencaram com a pessoa errada, imginem só sair no metro News tiregem gratuita que atingi 18,6 milhões de usuários com um pequeno texto explicando o que aconteceu comigo. Xiiiiii, como já conhecemos o efeito cascata disso, sem alunos não tem receita, sem receita não tem como pagar os salários, e com isso vem as demissões, chuto ai mais ou menos um ano até reconquistar a confiança do povo, lembram da marca CCE, pagou caro pelo que fez e até hoje sofre pelo passado ruim.

http://www.reclameaqui.com.br/316004/microcamp-abc-ingles/contrato-com-multa-abusiva/

5 comentários:

Stella Medeiros disse...

Eu estou com o mesmo problema na unidade de Uberlândia, MG, eles primeiro falaram que o curso era reconhecido pelo MEC e que era Técnico, não profissionalizante. Assinei contrato no dia 22/09/09. Posso cancelar sem multa em quanto tempo? Já foi resolvido seu problema?

Fernanda disse...

Bom...venho com uma estória naum muito diferente da de todos...Me ligaram numa quinta a noite, dizendo que fui selecinada pela UMES juntamente com o governo para ganhar um curso completo e etc...pelo telefone, me disseram meu endereço, meu número de cpf, rg, nome completo e etc...bom na data marcada fui ao local, chegando lá...era a Microcamp, bom até ai beleza, mas fiz a prova, tirei 50% e minha mensalidade foi para 100,00, mas eu informei que aquela unidade da Moóca era muito distante, e eles me disseram que não haveria nenhum problema, que eu poderia ir na unidade mais próxima que eles fariam a transferência sem nenhum problema, e que o valor seria repassado para a outra unidade(detalhe que eles pediram para eu aguardar até o ínicio de janeiro para fazer a transferência) fiz a matrícula, minha e do meu marido que quis fazer o curso de WEB e eu o de ABC, detalhe que eu já falo inglês, porém não fizeram nenhuma prova de nível, eles me disseram que fariam após o ínicio das aulas. Entrei na internet para ver se existe alguma reclamação sobre esta instituição, e me choquei ao ver tantas. E corri no dia seguinte para a unidade mais próxima da minha casa para saber da trasferência, e me disseram, que o valor de R$215,00 que eu havia pago lá, não seria repassado e que o valor do curso era mais baixo. Então voltei lá e pedi para cancelar, e eles me disseram que não cancelariam a não ser que eu pagasse 15% de multa sobre o valor do curso e somente do curso. E que os livros eu teria que pagar na íntegra. Totalizando R$ 7.542,08 ou parcelar em 37x, como eu havia me informado e que o contrato pode ser cancelado após 7 dias informei a coordenadora e a mesma me disse que esta quebra contratual de 7 dias se limita apenas para compras pela internet ou telefone, como era sábado e o Procon funciona apenas de segunda a sexta, tentei resolver da melhor maneira possível. Ela me prometeu que na segunda feira ela iria resolver com a coordenadora da unidade em que eu havia feito a transferência. E Hoje já é quinta e nada. O ínicio do curso estava previsto para 16/01/2009. Quero saber como recorrer...

Anônimo disse...

estou passando pelo mesmo problema em uberlandia mas entao nao tera fim isso? meu deus isso já ensejo a crime e ate uma possivel reclusao dos gradoes da escola....porque entao nos consumidores nao damos um jeito nisso em ação judicial de litisconsoscio ate mesmo o membro do MINISTERIO PÚBLICO pode nos ajudar com uma ação coletiva...

Anônimo disse...

Também tive o mesmo problema que a maioria de todos descreveu.Eles me ligaram,falaram que tinham selecionado o meu currículo através de uma empresa credenciada com a escola,e que fazendo a matricula eu pagaria um curso e faria mais três de graça.Na hora fiquei toda empolgada,mas depois que assinei o contrato é que me relataram das condições,fiquei indignada,pedi pra cancelar o contrato mas eles só iriam cancelar se eu pagasse uma multa de mas de três mil reais ou em parcelas de 136,oo.Tentei fazer todos os acordos possíveis mas com eles parece que não tem acordo e que não teria como cancelar o contrato,pois já tinham enviado pra central.Isso não existe,uma escola com o nome que tem fazer esse tipo de coisa é inaceitável.

Antonio Luís de Melo Braga disse...

Pura sacanagem , minha esposa fez inscrição neste curso , venderam um punhado livro ( onde eles falam que não ia pagar livro algum ), que foi informada na sala de aula ,e que os livros não vão ser nem usado , fez um dia só , e ela foi para desistir , e foi informada que teria que pagar uma multa de R$ 800,00 . Isto é correto ?